pesquisar neste blog

quinta-feira, setembro 24

Manoel Carlos & Favoritas para Viver a Vida

A Favorita Lília Cabral e seu Caminho das Índias para Viver a Vida.
Tereza (Viver a Vida) – “Entrou com o pé direito na Novela” Enxuta, Elegante e com Fibra de quem vai atrapalhar a Helena, será que estou certa? Ou a “casadinha” das duas vai terminar na mesmice de Caminho das Índias. Manoel Carlos começa Bem, escolheu Taís Araújo para contracenar ao lado da Lília, espero ser mais picante a novela e ela tentar lutar pelo ex-marido Marcos (José Mayer), acho que vai pegar fogo ou já começou.
Isso não foi visto por Glória Peres, que tentou emplacar o sucesso de O Clone, repetindo o início da história em Caminho das Índias, Márcio Garcia é muito bom como ator, mas Rodrigo Lombardi foi mais dedicado em seu trabalho ou sortudo, e para todos conquistou a química com Juliana Paes e finalmente emplacou a Novela. Graças a Tony Ramos, o Opashi, e seu lar ao lado de Indira, segurou a audiência da novela, revelando a sensibilidade que um grande ator tem de indiretamente agir como um Diretor e segurar as baixas e atrapalhadas de Caminho das Índias.
Será que A Catarina (Lília Cabral), vem com tudo? Lutar pelo seu Léo, que vai ser o Marcos agora em Viver a Vida, diferentemente, claro!?
Pega Fogo Manoel Carlos, mostra o lado do qual uma mulher impetuosa e passada para trás é capaz de fazer, para tentar trazer seu ex-marido de volta, resgatar esse amor, ou então, mostra a Helena os segredos não revelados, por diretores ainda de novelas, o que é e representa, para seu público noveleiro, uma relação amorosa entre duas idades bem distantes, 60 e 30 anos, para os dias atuais.
Viva a Cinira, Viva a Catarina, Viva O Divã, Sorte Tereza! Parabéns a Lília Cabral.

Nenhum comentário:

Tradução

GLOB

Pensador.info

Adscense